Todo empreendimento parte de um estalo inicial, um momento de inspiração. No e-commerce não é diferente. Entre muitos fatores, a mudança radical de rotina com a chegada da maternidade pode ser um desses ativadores. Após a experiência transformadora, muitas mulheres com espírito empreendedor descobrem, na internet, o cenário ideal para começarem o próprio negócio. E, neste Dia das Mães, elas já comemoram o sucesso das suas lojas online.
mãe e filho no computador e celular - maternidadeÉ o caso de Roberta Magalhães, CEO da loja virtual homônima. Ao engravidar da primeira filha, notou a escassez de lojas virtuais que oferecem produtos para o enxoval completo de bebês. Só era possível encontrar um mix satisfatório e de qualidade neste segmento em sites internacionais. Entre as lojas brasileiras, nem mesmo as mais famosas no ramo ofereciam um catálogo completo pelo site.

Percebendo a oportunidade desse nicho importante e pouco explorado, resolveu abrir sua loja na Rakuten Digital Commerce. Analisando sua história, ela conta que herdou a habilidade inovadora e o perfil de liderança da própria mãe.  “Ela sempre me ensinou que a tecnologia nunca para. Se não quisermos ficar para trás, precisamos pensar além do óbvio”, diz.

E a maternidade não apenas a inspirou a começar uma carreira empreendedora, como também lhe deu atributos essenciais para a nova vida profissional. “Ser mãe consome muito de nós, restando menos tempo hábil para dedicar-se às outras tarefas, tanto pessoais quanto profissionais. A maternidade me ensinou a ser uma pessoa mais ágil e reaprender diariamente que as coisas podem ser feitas de outra forma. Isso não tem que, necessariamente, ser um problema. Conheço outras mulheres que se sobressaíram no meio profissional, depois de se tornarem mães, por adquirirem estas novas características. Nós somos mais práticas e não mostramos cansaço nunca”, afirma.

Histórias que se multiplicam

Com a mesma perspectiva visionária, surgiu a loja virtual Menina de Laço, criada por Clarice Rebouças Julio e Clarissa Ornella Arouche Malta Moreira. Tudo começou quando, em 2009, Clarice viajou para os Estados Unidos. Na hora das compras, ela garantiu 25 laços de cabelo para sua filha e outras 25 unidades para a filha de sua amiga Clarissa. Aqui, os acessórios fizeram tanto sucesso entre a família e os amigos que as duas perceberam que poderiam torná-los um empreendimento rentável.

Pouco tempo depois, as duas firmariam uma sociedade de sucesso no mundo físico e virtual. A loja virtual, hoje, oferece uma linha completa de itens para cabelos de meninas. São 1.500 produtos de todas as cores, modelos e tamanhos. Nos últimos dois anos, o crescimento foi de 200%. Até nas redes sociais, a fama se espalhou rápido. A Menina de Laço já possui mais de 200 mil fãs só no Facebook.

Segundo o Diretor Comercial da Rakuten Digital Commerce no Brasil, Luis Pelizon, o e-commerce é a opção perfeita para quem busca aliar o trabalho e a vida pessoal. “A internet nos dá essa possibilidade, permitindo uma carreira de sucesso e, ao mesmo tempo, a flexibilidade que mães e pais precisam para dedicar à família. Na Rakuten Digital Commerce, nossa tarefa é desenvolver as soluções mais completas e inovadoras para que esses projetos, nas nossas plataformas, alcancem os melhores resultados”, afirmou.

 Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais e continue acompanhando o nosso blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments