Tempo de leitura: 3 minutos

*Por René Abe, CEO e Presidente da Rakuten Brasil

Solução tecnológica ajuda a diminuir perdas, evitar retrabalhos, aumentar a assertividade, otimizar processos e controlar estoques e frotas

Os próximos 20 anos serão mais disruptivos do que os últimos 300. Essa afirmação é de Masayoshi Son, atualmente considerado o maior investidor do planeta, e vai ao encontro da transformação digital que estamos vivendo. A tecnologia exerce um papel preponderante nessa revolução. De uma forma ou outra, todos os negócios serão impactados pela presença cada vez maior de soluções tecnológicas no dia a dia das pessoas e empresas.

A tecnologia traz inúmeros benefícios às áreas estratégicas das companhias. Quem conseguir usufruir deles antes da concorrência, certamente terá uma vantagem competitiva bastante considerável.

Para o e-commerce, por exemplo, um dos setores mais críticos é o de logística. Os varejistas estão adotando uma tendência mercadológica para otimizar esse importante departamento: a Logística Inteligente (Smart Logistics) ou Logística 4.0. Há quem diga que isso será vital para o sucesso de muitos players do segmento.

De uma maneira extremamente resumida, a Logística Inteligente pode ser definida como uma evolução da tradicional. Por meio da implantação de soluções tecnológicas como Computação em Nuvem (Cloud Computing), Internet das Coisas (IoT), Big Data Analytics (BDA) e Inteligência Artificial (IA), as empresas conseguirão, por exemplo, diminuir perdas, evitar retrabalhos, aumentar a assertividade de suas decisões, otimizar processos e ter um controle melhor de seus estoques e frotas. O objetivo maior é contribuir com a eficiência, agilidade, redução de gastos das empresas e, por consequência, aumentar a lucratividade dos negócios.

Estimativas da Associação Brasileira de Movimentação e Logística (ABML) apontam que os valores desprendidos com a logística podem chegar, em média, de até 19% do faturamento total da companhia. Quando maior a operação, maior é o impacto da Logística Inteligente.

A UPS, uma das maiores empresas de logística do mundo, criou, em parceira com o Google Cloud Platform (GCP), um software que acompanha seus motoristas e informa todas as etapas de seu caminho. A expectativa é que a ferramenta traga uma economia de US$ 400 milhões, por ano, e reduza o consumo de 10 milhões de litros de combustível das suas frotas.

Ter um setor logístico eficiente agrega muito à marca. Além de resultados financeiros, ela pode ser responsável por prover uma melhor experiência no e-commerce para o usuário e, por consequência, conquistar e fidelizar clientes. Isso porque os consumidores estão demandando cada vez mais e fazendo mais exigências quanto à qualidade e tempo da entrega.

De acordo o Reclame Aqui, portal de relacionamento entre empresas e consumidores, somente no primeiro trimestre de 2018, houve mais de 90 mil reclamações sobre e-commerce’s. A maioria delas em razão da demora na entrega.

Há diversos fatores que interferem diretamente para alcançar o melhor dos mundos. Entretanto, independente do caminho, a tecnologia está intimamente ligada à solução do problema. Seja para definir padrões, traçar rotas, corrigir desvios, lidar com trâmites legais ou gerir questões administrativas, utilizando a Logística Inteligente da maneira correta, as empresas terão ganhos exponenciais, principalmente, em processos e relacionamento.

O potencial desse mercado é enorme. Mundialmente, ele deve movimentar cerca de US$ 15 trilhões, até 2023. Esse número tão expressivo tem um porquê. Vivemos na era do imediatismo. É praticamente tudo em real time. As pessoas compram hoje, querem, se possível, receber ontem e pagar o mínimo para que isso aconteça.

O cliente deseja pagar menos, no frete, e receber mais rápido. Já o lojista precisa evitar com que seu produto fique parado, seja no estoque ou no transporte, economizando sempre que possível para gerar mais lucro. A equação é simples, mas sua resolução é complexa.

Não existe uma fórmula perfeita pronta. Porém, sem dúvida, a Logística Inteligente é o que mais se aproxima disso!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários