O funil de vendas nada mais é que o percurso dos consumidores pelo seu negócio online. Da atração de visitantes, a geração de leads e a qualificação da audiência, até a conversão. Acontece que, dentro desse modelo já bastante discutido no mundo virtual, existem outras etapas menores que precisam ser tratadas com atenção. A minha loja está fazendo um bom trabalho ao guiar o consumidor? Essa é uma das perguntas que todo empreendedor online deve se fazer, principalmente se estiver insatisfeito com seus resultados. Entender o funil do seu e-commerce além de ajudar a aumentar as vendas, pode reforçar o relacionamento da marca com seu público-alvo.

Identificamos oito pontos nesse processo que definem se a loja online conquistará o cliente ou não.

Consumidor comprando online com cartão de crédito

1 – Geração de tráfego

Ter um bom planejamento para geração de tráfego é o primeiro passo para fazer com que o seu público-alvo conheça a sua marca. Você pode começar aplicando as técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Essas melhorias garantirão que seus produtos e conteúdos sejam bem indexados pelos motores de busca do Google. É importante também investir em campanhas de marketing digital e promoções segmentadas corretamente. Isso aumentará ainda mais a visibilidade da sua loja. Lembre-se sempre: o tráfego precisa ser estimulado!

2 – Experiência na loja

Agora que você já chamou a atenção da sua audiência. É preciso cuidar da experiência do consumidor no seu e-commerce. Priorize a usabilidade e a navegabilidade no seu site. É importante ter uma boa plataforma que garanta um layout responsivo e customizável. Dados do Google dão conta de que 67% dos consumidores iniciam a compra em um dispositivo e finalizam em outro. Por isso, se você achava que o mobile era só um detalhe, passe a considerá-lo na sua operação já. Esse aspecto pode determinar sua capacidade de reter clientes para a próxima etapa. Use testes AB para analisar elementos antes de implantar mudanças definitivas. Teste, por exemplo: botões (qual a melhor posição dentro da página), texto (tamanho e tipo da fonte), disposição na página etc.

3 – Busca otimizada

Seu potencial consumidor já está no seu site, facilite a busca dele ao máximo. Deixe o campo visível no layout da página e ofereça uma Busca Inteligente. Esta solução usa algoritmos que podem cruzar informações por aproximação fonética e até interpretar erros de digitação. Assim, é possível sugerir resultados corretos e não perder a oportunidade de mostrar o mix de produtos ao usuário. Se quiser refinar mais ainda, disponibilize filtros de busca. Se o consumidor não encontrar o que procura por problemas na Busca do seu site, partirá para a concorrência.

4 – Gestão de conteúdo e produtos

O consumidor foi impactado, acessou o seu site, realizou uma busca e acabou de visualizar o resultado. É hora de mostrar que suas ofertas apresentem todas as informações essenciais para que ele decida colocar o produto no carrinho. Um bom título, características completas do produto, garantia, validade e tabela de cores e tamanhos, por exemplo. Exibir a quantidade correta disponível também é importante para manter a motivação do usuário em continuar na loja. E isso, nada mais é que ter controle e otimização sobre o estoque.

5 –  Checkout prático

Se o seu trabalho até aqui foi bem desenvolvido e sem ruídos, o consumidor estará disposto a avançar no funil de vendas e partir para o checkout. Atenção redobrada nessa etapa. Forneça formulários enxutos, de preferência em uma única página. Não esqueça de pedir apenas dados indispensáveis para a operação, para não frustrar o comprador. Ter uma empresa de e-commerce que armazene os dados do usuário de forma segura também é um diferencial de peso. Nós oferecemos, por exemplo, o Rakuten SafeID, para as lojas que operam nas plataformas Rakuten Genesis e Rakuten One. Assim, o lojista proporciona ao comprador mais rapidez para fazer novas compras.

6 – Pagamento descomplicado

Logo após cadastrar seus dados pessoais, o usuário passa para a fase de Pagamento. Este é certamente o momento mais decisivo do funil de vendas. Ofereça o melhor leque de opções para o seu comprador. Desde cartão de crédito com as principais bandeiras do mercado e parcelamento em até 12x, até boleto bancário. Passe confiança ao consumidor, apresentando certificados de segurança. Por último, conte com bons parceiros que ajudem sua operação com boas taxas de aprovação.

7 – Logística responsável

Não engane o seu consumidor com prazos que não conseguirá cumprir apenas para fechar a compra. Há diferentes formas de descobrir se a loja é de confiança e cumpre com seus prazos. Seu consumidor, certamente, conhece e utiliza esses mecanismos de avaliação para se informar. Um processo transparente de entrega fortalece o relacionamento a longo prazo que representa a etapa seguinte do funil de vendas.

8 – Desafio da fidelização 

Depois que o consumidor clicou em “Confirmar o Pedido” e a loja obteve a tão suada conversão, está concluída a jornada, certo? Na verdade, é aí que começa o seu trabalho para transformar o comprador em cliente fiel. Monitore o comportamento do seu público-alvo para traçar estratégias e aplicar campanhas bem segmentadas. Dedique tempo e esforços para colocar em prática uma boa régua de relacionamento. Depois da compra, por exemplo, não esqueça de enviar nota fiscal e código de rastreamento do produto. Você também pode encaminhar um email marketing agradecendo pela realização do pedido. Lembre-se de usar uma linguagem adequada para o seu usuário.

Ao ter a confirmação de que o produto foi entregue, pergunte como foi a experiência do seu consumidor. Esse valioso feedback o ajudará a melhorar seus processos. Faça ações de remarketing, oferecendo itens relacionados à última compra do cliente. Aproveite as datas comemorativas, seja aniversário do consumidor ou eventos do calendário do e-commerce, e ofereça brindes e descontos. Não se limite ao email; aposte na criatividade; oferte conteúdos exclusivos (ebooks, infográficos, vídeos); interaja nas redes sociais em que seu público está. Uma comunicação assertiva é o passaporte de volta para a sua loja. Mostre aos seus clientes que você está sempre disponível para atendê-lo.

Assim, com certeza, sua marca será lembrada na hora da compra.

Fique atento a cada etapa do funil de vendas da sua loja, reduza os pontos de conflito com o comprador e ofereça a experiência que você gostaria de ter. Seguindo essas dicas, seu e-commerce terá muito mais chances de sucesso e conversão.

Acompanhe todas as novidades da Rakuten Digital Commerce aqui no blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários