Pode parecer um pouco macabro, mas imaginar sua própria morte é uma boa maneira de gerar um plano de carreira bem-sucedido.

Estamos acostumados a pensar sobre as nossas vidas andando para frente – analisando onde estamos e quais serão os próximos passos. É claro que pensar adiante é útil, mas não será a única condição que o ajudará. Não é comum olharmos para trás. No entanto, quando nos dedicamos a reverter nosso pensamento convencional, podemos alcançar uma nova clareza sobre nosso caminho para o sucesso.

Um modo de “pensar para trás” sobre seus próximos passos profissionais é imaginar que você está escrevendo o seu obituário.

Comece com o trabalho que você espera ter no final da sua vida e movimente-se trás. Considere ao longo do caminho quais fases você precisaria passar para chegar onde deseja. Quando você faz a engenharia reversa do processo, é possível ver as etapas necessárias para alcançar cada uma dessas fases.

Muitas vezes, ao imaginar o ponto final, somos capazes de ver claramente o que deve ser feito agora. Eu tive essa experiência em 1995, quando o devastador Terremoto de Hanshin-Awaji atingiu o Japão. A casa dos meus pais em Akashi foi gravemente danificada. Eu perdi uma tia e um tio que eram muito queridos para mim. Lembro de como foi procurá-los nos escombros da minha cidade e como me senti ao encontrá-los dispostos lado a lado em um ginásio de uma das escolas. Aprendi naquele momento que nunca devemos esquecer como nosso tempo é limitado.

Essa percepção me levou a redefinir meu caminho para frente. Quando eu chegar ao final da minha vida, quero ter alcançado o meu sonho de criar algo que capacite as pessoas ao redor do mundo.

Ao encarar a morte, pude ver que precisava mais do que apenas uma visão. Eu precisava de uma linha do tempo. Quando imaginei meu objetivo final, fui capaz de trabalhar para trás, vendo cada passo ao longo do caminho, incluindo os que eu precisava fazer para tornar meu sonho em realidade. No ano seguinte, deixei meu emprego no Banco Industrial do Japão. E em 1997, fundei minha empresa.

Pode ser assustador pensar no final. Mas isso pode abrir seus olhos. Quando você pensa sobre sua vida, trabalhando da morte para trás, você pode ver os próximos passos necessários. Eu vi meu próprio destino: não perder tempo em começar.


Por Hiroshi “Mickey” Mikitani, Chairman e CEO, Rakuten, Inc.

 

Aproveite e saiba mais sobre a Rakuten Digital Commerce!

VISITE O SITE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários