Tempo de leitura: 2 minutos

Em quem você vai votar nesta eleição?
No candidato da mesmice, que diz se preocupar com educação, desemprego e saúde ou no candidato que diz que vai liberar a pirataria e acabar com os direitos autorais, o copyright? Calma, não estou falando do Brasil.
Na Suécia existe um partido pró-pirataria o Piratpartiet fundado por Rickard Falkvinge, 34 anos, ex-funcionário da Microsoft.
Falkvinge se candidatou para as próximas eleições e tem propostas que defendem o fim dos direitos autorais (musicais principalmente), a quebra de patentes e a privacidade dos internautas.
Esta discussão aberta do copyright é um reestudo dos direitos e deveres do cidadão, leis como esta existem para defender interesses de um pequeno e elitizado grupo de grandes empresas e que, de maneira alguma, pensam no bem  geral da grande massa.
Muito já foi dito sobre os direitos musicais dos autores e que estes perdem milhões com a pirataria e o mp3.
Mas será que eles perdem tanto dinheiro mesmo ou são as gravadores que estão perdendo?
Graças a pirataria e ao mp3 na internet é possível encontrar autores que não teriam vez nestas grandes gravadoras e que encontram o seu espaço e o seu público na web, alguns destes milhões perdidos, dos grandes, estão indo para artistas que tem competência, inteligência e modernidade para conseguirem o seu público sozinho.
Emule, kazaa ou qualquer outro soft P2P não tira dinheiro dos músicos e sim diminuem os lucros das indústrias fonográficas. O autor – artista – continua recebendo notariedade e pode continuar fazendo shows e ganhando dinheiro através da mídia.
Não é prejudicado ou, pelo menos, não como dizem que o são.
Ou você acha que Bruno e Marrone ou Avril Lavigne perdem tanto assim com a pirataria?
Talvez a extinção do copyright não seja a maneira mais correta de se resolver este assunto, mas é interessante ver um país que discute isso abertamente. E nada melhor do que a prática para nos mostrar o melhor caminho a ser trilhado.
Quem sabe Rickard Falkvinge seja eleito, cumpra as suas promessas e dê tudo certo por lá e todos saiam ganhando?
Teríamos que rever nossos conceitos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários