Um e-commerce não é apenas um catálogo organizado de produtos; pode ser o catalisador para engajar e enriquecer as experiências de compra. Nós lançamos o marketplace da Rakuten, no Japão, 20 anos atrás. Desde então, vimos muitos dos nossos competidores tratarem os consumidores de uma maneira semelhante a uma máquina de vendas online; uma experiência baseada exclusivamente no preço, na velocidade e na conveniência.

Certamente, esses são elementos positivos e valorizados pelos compradores. Mas eles não são suficientes para dar sustentação a toda a cadeia de compra. O ato de consumir não está ligado apenas à eficiência. Às vezes, você sabe exatamente o que quer e você deseja isso o quanto antes, da maneira mais econômica. Mas estes são apenas alguns dos motivos que nos levam a adquirir um produto ou contratar um serviço.

Experiência de Compra E-Commerce Rakuten

O valor da experiência

Comprar promove experiências humanas valiosas, assim como conveniência, economia e muitas outras vantagens. É por isso que voltamos várias vezes àquela loja de roupas em que os vendedores lembram do nosso nome. Ou à loja de produtores em que podemos navegar pelas variedades sazonais, pedir conselhos sobre receitas e, finalmente, chegar aos ingredientes para aquele jantar que vamos preparar para os amigos no final de semana.

Por isso, somos fieis a varejistas que nos oferecem um serviço ao consumidor de qualidade, especialmente quando o produto não é exatamente o que esperamos ou não estamos confiantes sobre como usá-lo. Esse ponto já era verdade quando o varejo estava apenas no mundo físico e continua a ser uma realidade, hoje, com as novas plataformas de e-commerce.

Além da eficiência e da conveniência

Nunca miramos em fazer do e-commerce uma única interface com o consumidor. Nós precisamos ser eficientes e convenientes, mas também devemos ser o catalisador que permite aos nossos usuários descobrir e fazer suas próprias conexões com comerciantes, grandes e pequenos, desde as lojas departamento até os negócios familiares. Nós encorajamos o contato entre os vendedores nas nossas plataformas e no Rakuten Shopping, além da busca incansável por uma experiência especial e customizada dentro da oferta de cada um deles.

Nós fomos os primeiros no mundo a lançar um marketplace de sucesso baseado nas relações B2B2C (Business to Business to Consumer), encorajando e facilitando interações positivas entre compradores e vendedores. E essa missão se mantém até hoje também com nossas plataformas de e-commerce. É o melhor modelo para alcançar o equilíbrio certo entre a padronização da experiência de compra – pelo bem da conveniência – e a humanização dessa experiência – pela satisfação dos usuários em si.

Comprar é divertido

A verdade é que, hoje, os consumidores não são arrebatados, seja no ambiente digital ou no mundo físico, da mesma forma que a indústria do varejo. Nós tomos precisamos ser capazes de oferecer uma excelente experiência aos nossos compradores. É esse mindset que os e-commerces que seguem o estilo das máquinas de vendas estão perdendo. Eles esquecem o fato de que o consumo sempre foi parte das nossas vidas.

Se comprar não é interessante, divertido ou engajador de alguma maneira, isso impacta parte do prazer e do divertimento já intrínsecos às nossas rotinas. Quem iria querer isso? Claro, preço e conveniência importam. E nós continuaremos a desenvolver soluções em Inteligência Artificial e outras tantas tecnologias que fazem as nossas plataformas mais eficientes e fáceis de usar. Mas, como humanos, ainda procuraremos comprar pelo entretenimento agregado a esta atividade, não apenas pela mercadoria em si.

A oferta especial da Rakuten para os consumidores – hoje e no futuro – equilibra os valores de conveniência e preço às experiências engajadoras entre compradores e varejistas, desde as operações robustas às pequenas e microempresas.

*Informações do Blog Rakuten.Today
Conheça a tecnologia da Rakuten Digital Commerce para a sua loja virtual!
Quero saber mais!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários