Tempo de leitura: 3 minutos

The-Simplest-Process-for-Writing-Great-Short-Blog-Content

Todos nós sabemos o quanto um cliente é importante para uma marca, principalmente quando enviamos campanhas de e-mail marketing. Mas talvez, mais importante que um cliente se cadastrando para receber as campanhas, é oferecer a ele a possibilidade de descadastro de recebimento dos emails. E como fazer isso da melhor forma?

O link de descadastro, apesar de não ser obrigatório, é extremamente recomendado em seu html. A grande maioria das marcas dificulta para o usuário encontrar este link, posicionando-o no rodapé da mensagem, com uma fonte pequena e cor cinza clara com fundo branco, prejudicando a leitura. Isto não é uma boa prática, pois  força seu usuário a procurar este link, descendo até o final da mensagem para encontrar a opção de descadastrar. Veja neste exemplo:

return path

Exemplo de uma fonte pequena, na cor cinza, que prejudica a leitura.

Muitas vezes, ao deixar o usuário confuso e irritado procurando o link de descadastro, pode resultar em clicar diretamente no botão SPAM ou de descadastro do próprio provedor de email (Hotmail, Gmail, Yahoo!…), fazendo com que sua reputação de enviador piore e todas futuras mensagens enviadas a este usuário serão enviadas para caixa de spam.

O recomendável é deixar a informação de descadastramento bem clara ao destinatário, de prefência no topo do email, com uma fonte legível a todos.  Adapte também o texto de acordo com o seu público alvo, já vi muitas campanhas nas quais o link de descadastramento está escrito em inglês.

return path 2

Exemplo de descadastro em inglês, de um e-commerce brasileiro.

Alguns provedores de email também recomendam ter como forma de descadastro o MAILTO, ou seja, o usuário responde a campanha solicitando o seu descadastro, e para isso você deverá gerir manualmente este controle, e respeitar a vontade do usuário. Agora se você utiliza emails  “nao_responder@” ou “no_reply@”, como pretende se comunicar com seu assinante? Lembre-se que o canal deve estar aberto a perguntas, dúvidas e reclamações.

Mas, e se ele clicar, como faço para minimizar a perda?

Ofereça-o um soft-opt-out, ou seja, preferências de recebimento das campanhas ao seu usuário, tal como frequência semanal ideal, dias específicos de recebimento, temas e assuntos relevantes, e até horário preferido. Assim você reduz a possibilidade de insatisfação, e mantém seu lead, fidelizando ainda mais ao segmentar de acordo com seu gosto.

return path 3

Um bom exemplo de soft-opt-out.

 

return path 4

Exemplo 2 de boas perguntas de cancelamento, com opção ainda de o usuário explicar o motivo.

Caso não consiga incorporar um centro de preferências, pergunte ao usuário que está se descadastrando o motivo de seu opt-out e estude as respostas, tentando identificar o perfil de usuário com sua frequência de envio. Adapte de acordo com o que foi aprendido e teste, sempre!

Fonte: Portal E-commerce Brasil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários