Tempo de leitura: 3 minutos

Por Aline Viana, Analista de Marketing da Rakuten Brasil

Cadastrar corretamente seus produtos no e-commerce é o primeiro passo para que sua loja alcance bons resultados. As escolhas feitas nessa etapa do processo vão refletir tanto no fluxo de visitas orgânicas que seu site poderá receber quanto no resultado das suas campanhas de Google Adwords, Retargeting ou qualquer outra mídia paga.

Neste artigo, vamos destacar os pontos mais importantes para que você faça um cadastro apropriado.

Título

O título é apresentado ao lado da foto do produto ou embaixo dela, quando estamos acessando uma vitrine com outros itens.

Um bom nome deve resumir em poucas palavras o que você está vendendo. Ele precisa ser claro para o seu consumidor e facilitar a busca de quem procura o seu produto em qualquer lugar.

Evite generalizar demais. Por exemplo: iPhone 8 Apple 64GB. Neste caso, descreva mais informações que vão diferenciar cada um dos seus itens: iPhone 8 Apple 64GB Dourado 4G Tela 4,7 – Retina Câm. 12MP + Selfie 7M.

Descrição

Uma pessoa que escolhe comprar online não terá a sensação de experimentar o seu produto antes de comprá-lo. Uma descrição bem-feita tem um papel importante na experiência de compra. Através dela, é possível inserir um discurso de vendas e dar dicas de uso para o produto.

Por exemplo: se você vende bolsas femininas, que tal mencionar para seu cliente que aquele item pode ser usado no trabalho?

Além disso, evite usar a descrição do fabricante, pois ela pode não ter sintonia com o seu público e gerar perda de posicionamento no Google, caso outra loja use o mesmo conteúdo.

Especificações técnicas

Elas aparecem logo abaixo da descrição e tem a função de trazer informações técnicas do produto. Cores, matérias-primas, tamanhos, pesos, voltagens e outras características mais específicas que auxiliam no momento da compra. A ausência dessas informações pode gerar cancelamentos ou trocas no pós-venda.

Fotos

Não adianta criar uma excelente descrição se o produto não tiver boas fotos. O ideal é incluir, no mínimo, 4 imagens de cada item.

Invista em fotos próprias, pois elas demonstram que você se preocupa com o seu site. Utilize boa iluminação, pegue os melhores ângulos de cada produto e gaste tempo com o tratamento das imagens. Somente use as fotos do fabricante em último caso.

Outro ponto importante é a nomenclatura de cada imagem. Quando o Google e os outros buscadores vão analisar os seus produtos, eles verificam se o nome coincide com a imagem exibida.

Por exemplo: se você vende Bolsa Santa Lolla Nécessaire Feminina, o título deve ser: “bolsa-santa-lolla-necessaire-feminina.jpg”.

Vídeo

O vídeo pode ser utilizado para reforçar um argumento de vendas ou mostrar o funcionamento de um produto. Um conteúdo entre 1 e 2 minutos é o ideal para que ele retenha o máximo de atenção do público.

No entanto, fuja desse formato se ele reduzir o tempo de carregamento do seu site. Esse atraso faz com que as pessoas abandonem o seu site.

Categorização

A categorização é o agrupamento de produtos similares. Esse processo vai facilitar a localização dos seus produtos no site.

Para quem trabalha com um determinado nicho do mercado não é necessário criar muitas divisões. Por exemplo: se você vende bolsas, as suas categorias serão baseadas nos modelos de bolsas: Bolsas, Mochilas, Malas e Pastas.

Mas vamos pensar se você tiver uma loja que vende itens em diversos segmentos, como eletrônicos, eletrodomésticos, roupas, livros, entre outros. Quanto mais você afunilar a sua categorização, melhor será a navegação do consumidor.

Segue um exemplo de árvore de categorias:

Crie no máximo 2 níveis de categorias. Por exemplo: Perfumes > femininos > importados. O restante seria encontrado através dos filtros de atributos: Fragrância, Família Olfativa, etc.

Se houver dúvidas ao criar uma nova categorização, analise quantos itens ela terá. Se houver menos de 20 itens, é melhor agrupar esses produtos em outra categoria principal. Lembre-se: faça testes antes de ativar.

O cadastro de um produto é um trabalho árduo, mas que se for bem feito, pode gerar mais vendas para sua loja.
Quando você for iniciar o processo, tenha em mente esses pontos: inserir o máximo de conteúdo que descreva seu produto e resolver as dúvidas que possam surgir.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários